Musica Gospel

terça-feira, 8 de abril de 2014

Salmos 121 Explicado!!

Salmos 121
1 Levanto os meus olhos para os montes e pergunto: De onde me vem o socorro?
2 O meu socorro vem do Senhor, que fez os céus e a terra.
3 Ele não permitirá que você tropece; o seu protetor se manterá alerta,
4 sim, o protetor de Israel não dormirá, ele está sempre alerta!
5 O Senhor é o seu protetor; como sombra que o protege, ele está à sua direita.
6 De dia o sol não o ferirá, nem a lua, de noite.
7 O Senhor o protegerá de todo o mal, protegerá a sua vida.
8 O Senhor protegerá a sua saída e a sua chegada, desde agora e para sempre

A vigilância perpétua de Deus sobre aqueles que se inclinam para Ele. É um grande apelo para confiarmos em Deus em todas as circunstâncias.

Este Salmo, relembrando aos fiéis que Deus os guarda, convinha aos peregrinos que subiam a Jerusalém, por caminhos penosos. Convém também ao cristão, a caminho da Jerusalém celeste. Bíblia de Jerusalém.

1. Para os montes. [...] referência às montanhas da Palestina, cujo cume era utilizado pelos pagãos para edificação de altares idólatras. Na jornada para a festa, “ao verem em redor de si as colinas onde os gentios costumavam acender os fogos de seus altares, cantavam os filhos de Israel: ‘Elevo os meus olhos para os montes; De onde me virá o socorro?’ “ (PP, 538).CBASD, vol.3, p. 1019.

O culto idólatra dos baalins realizava-se nos “lugares altos”. Não dos montes, mas de Jeová, vem o auxílio de Deus ao fiel.

De onde […]?. Não é dos montes ou montanhas que os filhos de Deus recebem auxílio, mas de Deus (ver Jer 3:23).

2. do Senhor, que fez o céu e a terra. Esta é a resposta à questão do v.1. Deus pode responder a qualquer emergência que se levante no vasto universo de Sua criação.

3. Ele não permitirá que os teus pés vacilem. Uma expressão de desejo ou petição: “Que Ele não permita que seu pé vacile; que não durma aquele que te guarda.” Estas palavras foram cantadas possivelmente por dois grupos de peregrinos, sendo que cada um deles respondia em contracanto: “Não há necessidade desta oração, porque Aquele que guarda Israel não dormita nem dorme; o Vigia de Israel não será pego de surpresa, como uma sentinela humana sobre os muros da cidade.” A vigilância de Deus é incansável. O Eterno jamais fica exausto e está sempre atento às necessidades de Seus filhos.

Israel é bem conhecido por seus terrenos rochosos e escorregadios.

4. não dormita, nem dorme o guarda de Israel. Deus nunca dorme, e não havia perigo de que o salmista seria esquecido. Elias ridicularizou sarcasticamente os profetas de Baal, sugerindo que o deus deles estava dormindo, quando tanto precisavam dele (1Rs 18.27).

5 Tua sombra. Um a ilustração forte sobre a proteção para aqueles que viviam num lugar onde a luz era ofuscante e o calor, ardente.

Tua sombra à tua direita. Assim como a sombra projetada por uma pessoa a acompanha, assim também é Deus com o Seu povo. Esta metáfora deriva-se da antiga linguagem dos tratados, e tem implicações próprias de uma aliança. Bíblia de Genebra.

O divino protetor está prontamente disponível (ver Sl 16:8).

6. não te molestará. Nos últimos dias, quando será dada potência ao sol para que queime as pessoas com fogo (Ap 16:8, 9), o povo de Deus encontrará conforto nesta promessa (GC, 628-630).


a lua. Talvez se refira às febres e às friagens produzidas pelas neblinas noturnas, “regidas” pela lua (Gen 1:16). Bíblia Shedd.

[Culturas antigas acreditavam que a luz do luar era prejudicial, de
onde veio a expressão “lunático” – aquele que se acreditava ter sido
exageradamente exposto aos raios da lua.

7. mal. Designando tanto o mal moral quanto o físico.

8. tua saída. O Senhor vigia continuamente todos os empreendimentos de Seus filhos.